O problema não é o Corinthians

O Corinthians ter sido campeão mundial, em nada altera minha vida. Não moro em São Paulo e nenhum amigo torce para o time, portanto, minha vida em nada seria alterada, não fosse a mídia trazer o assunto em qualquer tipo de programa de tv, website, enfim.

Felizmente, há algum tempo tenho TV por assinatura em casa, e embora fosse contra gastar dinheiro com isso, este final de semana valeu a pena ser assinante, pois fiquei imune à cobertura. Ainda na transmissão da partida, já era difícil suportar tamanha parcialidade, só percebi algo parecido em transmissões de jogos da Seleção Brasileira de Futebol.

Na Rede Globo, ninguém mais suporta Galvão Bueno e sua trupe. Um festival de falas desnecessárias em uma transmissão de futebol, afirmação de lances faltosos e de impedimento sem aguardar repetições do lance, ou de tira-teima como é praxe nas transmissões. Na Bandeirantes, Luciano do Vale até tentou ser menos corintiano, mas, quem suporta os comentários do Neto, a não ser os próprios torcedores do clube?

E imagino a empolgação do resto da transmissão na Globo, todos os programas após o término da partida falando de um mesmo assunto, independentemente se é um programa de auditório, de jornalismo, policial, enfim. Não importa o tema do programa, importa abordar o Corinthians, e exaltar aspectos muito subjetivos como “invasão do Japão”.

O Corinthians está envolvido com Rede Globo, Andrés Sanchez, Ronaldo “Fenômeno” e sua empresa Nine. Está construindo um estádio com dinheiro público. Suspeitem dessa profunda puxação de saco, e não sintonizem na Globo. O problema não é o Corinthians, é a mídia e suas relações suspeitas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s