O preço da gasolina deve subir em breve

A nova Presidente da Petrobrás, Graça Foster, concedeu entrevistas à imprensa onde relata que há dificuldade em manter os preços da gasolina devido ao preço do petróleo no mercado mundial. O barril produto, que custava cerca de 80 dólares em 2010 hoje se aproxima de 130. Isso, segundo a Presidente da companhia, faz que inevitavelmente o preço da gasolina seja reajustado. A Petrobrás se esforça para não repassar toda a volatilidade do mercado aos preços, mas segundo a Presidente, um novo patamar de preços está se estabelecendo no mercado mundial.

No entanto, não encontrei nenhum comentário sobre a redução dos impostos sobre o combustível. A Petrobrás não pode, realmente, manter uma espécie de tabelamento da gasolina às custas do dinheiro do seu caixa como vem fazendo há tanto tempo.

Consulte no site da Petrobrás, como é formado o preço da gasolina: Fatos e Dados: Preço da gasolina, mitos e verdades.

O Governo Federal tem a opção de reduzir, ou mesmo eliminar, a CIDE, uma contribuição de valor fixo sobre o preço da gasolina e diesel na bomba. Além disso, os Estados devem ser pressionados a reduzir o valor do ICMS cobrado pelo combustível. Em Minas Gerais, por exemplo, o cidadão paga paga absurdos 27% sobre o valor do combustível.

Etanol

O mais preocupante foi ler a manifestação da Presidente da Petrobrás pensando em reforçar a presença do etanol no mercado. A estatal promete investir na área para aumentar a produção do combustível. Isso significará menos áreas para o plantio do que realmente importa: Alimentos.

Além disso os automóveis flexíveis não são eficientes, consomem muito combustível, independente de qual seja ele. Há de haver um plano para a fabricação de automóveis monocombustível. A maioria das pessoas que possuem automóveis flex não o fizeram por opção: Ou foram levados ao erro pela promoção das virtuais vantagens da flexibilidade ou consideram carro monocombustível mico para revender. Bobagem.

Importação

Como o etanol ainda continua caro na maior parte do país, a última redução na proporção de mistura do derivado da cana-de-açúcar na gasolina fez aumentar a necessidade de importação do combustível fóssil. Mais uma tentativa do Governo em aumentar a oferta de etanol no mercado que não alcança o resultado esperado. E provavelmente sempre será assim, pois somos reféns dos produtores: Ou abastecemos com etanol, ou abastecemos com gasolina misturada ao mesmo combustível.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s