Usineiros querem aumento da CIDE sobre gasolina

É mais uma piada de péssimo gosto dos usineiros, veja trenho da matéria da Folha.com:

Diante da queda de competitividade do álcool em relação à gasolina e da falta de um plano estrutural para o setor, os produtores de cana começam a admitir a possibilidade de o programa flex fuel fracassar, como ocorreu com o Pró-Álcool.

O presidente da Unica (União da Indústria da Cana-de-açúcar), Marcos Jank, disse ontem que, se não houver mudanças significativas no setor, o consumo de etanol hidratado deve cair ainda mais, diminuindo o interesse dos consumidores e da indústria nos carros flex.

Segundo os dados mais recentes da ANP (Agência Nacional do Petróleo), as vendas de etanol hidratado pelas distribuidoras caíram 22% no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2010.

Em contrapartida, as vendas de gasolina subiram 15% no mesmo intervalo.

“Se não houver alta da gasolina, mudança na Cide [tributo incidente sobre os combustíveis] e redução importante de custos, a produção de hidratado não vai crescer, o consumo dos carros flex vai crescer cada vez menos e vai desestimular a produção dos automóveis flex”, disse.

“Se não fizermos nada pelo hidratado, a tendência é que apenas o anidro cresça”, acrescentou. O etanol anidro é misturado à gasolina, enquanto o hidratado abastece diretamente os carros flex.

Vale observar dois pontos:

1) A gasolina é tão mais eficiente que, ao passo que há redução de 22% no consumo de etanol, o aumento no consumo de gasolina é de 15%.

2) Mudanças significativas no setor para os usineiros é aumento da CIDE sobre a gasolina? Será que estamos nos tempos da reserva de mercado?

O Brasil está acorrentando a esses vagabundos usineiros? Estamos na contramão do mundo, que cada vez mais investe em motores monocombustível eficientes, ao contrário, o motor flex é ineficiente com etanol e gasolina. A indústria gasta muito com a adaptação de motores ao país, simplesmente por nossa gasolina ser a única no mundo, com essa adição de 25% de etanol.

Está na hora de uma atitude séria por parte do Governo Federal, essa conversinha dos usineiros é mais do mesmo, gostam de vender essas idéias catastróficas e usar a falácia do ecologicamente moderno para justificar o motor flex, quando na verdade, motor movido a etanol eficiente, só aquele 100% etanol.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s