A troca de favores, Lei de Gérson

Todo mundo já ouviu falar na Lei de Gérson, comportamento peculiar do brasileiro de procurar sempre tirar vantagem das situações. O Jornal O Tempo fez uma matéria de um assunto que ilustra bem essa situação, onde não se sabe exatamente quem é corruptor ou corrupto.

A Lei de Gérson é antiga na relação entre comerciantes e policiais militares, a matéria do jornal mostra o que já sabemos há muito tempo: Militares frequentam padarias, bares e restaurantes com suas viaturas para “tomar um café”, em troca levam segurança para o comerciante. Então me veio a mente a pergunta: Quem é corrupto e quem é o corruptor?

O comerciante, que nunca assume o “cafézinho” corrompe a sociedade, uma vez que julga sua necessidade de segurança mais importante que o restante da população. Os militares sempre justificam que o “cafézinho” é uma cortesia dos comerciantes, corrompem por favorecer a quem lhes oferece vantagem.

O triste é perceber que muitas pessoas consideram como normal esse tipo de relação e não conseguem enxergar o grave problema cultural por trás disso tudo. É como reclamar dos políticos, mas assumir que gostaria de se tornar um para ter um bom salário e empregar amigos e parentes, e não mudar o país.

A coisa tá feia, mesmo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s