A licitação do Brasileirão

Venho acompanhando em alguns sites toda a polêmica envolvendo a licitação dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro de futebol para as edições de 2012, 13, e 2014. Acredito que toda a história já tenha sido bastante discutida referente aos diferentes interesses dos clubes, envolvimento da CBF e Rede Globo de televisão.

O que pretendo levantar aqui em primeiro lugar seriam algumas vantagens de assistir aos jogos na TV Record, e não mais na TV Globo.

Os jogos não seriam obrigatoriamente às 21h50min da noite, uma vez que a Record não tem compromisso com exibição de novelas, e muito provavelmente utilizaria o futebol para fazer frente à dramaturgia global, acredito que os jogos passariam para o horário entre 20 e 21 horas. É o melhor horário, uma vez que facilita inclusive os torcedores que deixam de comparecer no estádio por este horário idiota que a TV Globo impõe.

A TV Globo é conhecida por suas práticas de boicote à conteúdo que ela não possui direitos de transmissão. Na prática, a empresa carioca não solta uma mínima nota no Jornal Nacional à respeito da Fórmula Truck por não ser uma categoria que ela transmite.

Da mesma forma, por várias vezes a TV Globo comprou direitos de transmissão de determinados esportes apenas para impedir que a concorrência fizesse a transmissão dos eventos, deixando àqueles que gostam de terminado esporte à mercê de sua boa vontade de transmiti-los, na TV paga, é claro.

Acontece que no Campeonato Brasileiro de futebol, a TV Globo não poderá simplesmente ignorar que ele existe, uma vez que se trata do campeonato de futebol mais assistido no país, envolve o esporte mais popular no Brasil, você já imaginou os gols da rodada sendo mostrados no Fantástico com a marca da Record gravada nas imagens?

É o que faz a TV Globo hoje quando empresta as imagens aos concorrentes, isso quando não os obriga a colocar uma legenda do tipo “Imagens: TV Globo”. Algo normal nas regras de uso de imagens, mas a TV Globo se acha acima disso, e provavelmente esta situação a incomoda bastante.

Entre argumentos que alguns dirigentes utilizam em defesa do contrato de transmissão ser fechado com a TV Globo, está a maior audiência e a tecnologia empregada pela empresa na transmissão, argumentos fracos, preciso dizer.

A audiência na transmissão dos jogos acontece exclusivamente pelo jogo em si. Quem procura assistir uma partida de futebol, o fará independente do canal. Assim, se a partida estiver sendo transmitida pela TV Record, pouco importa, o que realmente interessa é assistir ao jogo. Já se foi o tempo que o consumidor era extremamente fiel à marca, isso já acontece no varejo, não vai acontecer na televisão?

Sobre tecnologia de transmissão, que palhaçada! Tecnologia se compra, e cá entre nós, alguém que tem disponibilidade de R$550 milhões de lance mínimo para comprar um produto, no caso o Brasileirão, tem dinheiro de sobra para implantar essa tecnologia. A TV Globo aliás está ridícula nesse aspecto, até hoje suas transmissão não é 100% digital como acontece na RedeTV, empresa muito menor e também provável proponente na licitação do Brasileirão.

Todo o circo que vem sendo armado em torno dessa situação da licitação aberta em nome dos clubes pelo Clube dos 13, parece mesmo ser armação da CBF e TV Globo, a fim de influenciar a cabeça dos torcedores e defendendo interesses próprios.

Felizmente, o CADE está envolvido no processo e o Presidente do “C-13”, Fábio Koff, parece estar seguro de tudo o que está fazendo. Importante também alguns clubes se manifestarem á favor da licitação, como fez o Clube Atlético Mineiro, assim fica difícil o fim imediato do Clube dos 13.

Acho que todos podem se beneficiar com uma licitação transparente: O torcedor terá, pela primeira vez, o conhecimento do valor pago aos clubes pela utilização de suas imagens – Os clubes vislumbram a oportunidade de aumentar drasticamente o valor de sua marca.

Agora, resta a nós torcedores, acreditarmos na transparência do processo e torcermos para um melhor, e mais transparente, futebol brasileiro.

Anúncios

2 comentários em “A licitação do Brasileirão

  1. Concordo plenamente com os citados acima.Mas para que haja transparência total no futebol
    brasileiro é preciso colocar uma campanha nacional na Internet,nas emissoras de TVs.A Rede Globo
    está com a Band. Porque a vitoriosa ( Rede TV) não procura o apoio da Record ?
    Jogos de futebol ás 22 h é inaceitável para os torcedores .
    Assistir o jogo do Corinthians aos domingos é dose.O Campeonato Brasileiro é de todois brasi-
    leiros.Presentear alguns com cotas bem maiores que outros é tentar fazermosw um torneio ridiculo,ao
    estilo do Espanhol onde antes de começar você já sabe quem vai disputar o título.
    Barcelona ou Real .

    1. O futebol é interessante no sentido em que não há sucesso comercial com a ausência de concorrência. Bons jogos envolvem sempre duas boas equipes, assim sendo, há um claro equívoco na maneira com a qual os dirigentes do futebol tratam as questões comerciais, sempre se preocupando apenas com o próprio umbigo.

      É claro que times como Cruzeiro e Atlético-MG são rivais, mas não há nada de inteligente em querer fazer do seu sucesso a desgraça do oponente. O ideal seria os dois crescerem juntos, os times todos da séries A e B crescerem juntos.

      Mas, esse envolvimento de dirigentes com política e com grandes empresas, como a Rede Globo, deixam claro que se não se preocupam nem com o todo o contexto do futebol como seria ideal, parece nem mesmo se preocuparem com seus clubes. É muito rabo preso, favorecimentos individuais.

      Sinceramente, acho que a tendência é piorar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s