RUSH – Beyond the Lighted Stage

Finalmente tive a oportunidade de assistir ao documentário “RUSH – BEYOND THE LIGHTED STAGE”, que conta a história da banda canadense da qual gosto muito, sendo minha segunda banda, a primeira sempre foi o Iron Maiden.

Como sempre tive interesse em conhecer a história das bandas e personagens dos quais eu gosto, nem tudo o que é mostrado no documentário é novidade para mim, mas ainda assim, o documentário vale muito apena. Principalmente por ser rico em vídeo, áudio e som da era inicial da banda, mesmo antes da entrada de Neil Peart e do lançamento do primeiro álbum da banda, em 1974.

A história e os fatos são apresentados em ordem cronológica e de forma bastante divertida e relaxada, assim como são “os três patetas” em sua intimidade, mais notadamente Geddy Lee e Alex Lifeson que garantem boas gargalhadas durante todo o vídeo.

Muito interessante conhecer parte da história existente dos álbuns anteriores ao excelente “Permanent Waves” e todo o desgaste que existiu em função da dedicação dos três em superar limites musicais e a forma com a qual lidaram com o dilema entre a música e família.

São abordados temas até então evitados, como as tragédias acontecidas com Neil Peart após a turnê de Test For Echo em 1996 e a conseqüente “hibernação” da banda por longos quatro anos. Também falam a respeito da maneira singular que Neil Peart se relaciona com a idolatria dos fãs.

Gratificante ouvir os relatos dos integrantes a respeito dos shows no Brasil, ocorridos em 2002, onde todos consideram um fechamento especial de uma fase de recomeço para a banda e de superação de Neil Peart.

Várias pessoas do mundo da música participam com opiniões, e com bastante coragem algumas críticas relacionadas com a fase “eletrônica” da banda foram mantidas. Alguns relatos demonstram que mesmo os famosos possuem seus heróis.

Ao final, fica a certeza de que o RUSH é uma das poucas bandas que resistiram ao poder da influência das gravadoras e da crítica, mantendo os objetivos acima de tudo. Um documentário que vale assistir, pois além da história da banda, é possível aprender lições de vida e dignidade.

Anúncios

2 comentários em “RUSH – Beyond the Lighted Stage

  1. Tô louco pra assistir, mas queria pegar direto em blu-ray… merda.

    Esse cara devia fazer documentários de todas as bandas clássicas. Pegou a manha e sabe do que está falando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s