Pastilhas de freio no Omega

O Omega CD possui como item de série o check-control, que nada mais é que uma série de diagnósticos que acontecem ao virar o contato elétrico do veículo. Entre diversos itens verificados, um que considero bastante útil é o aviso sobre o desgaste excessivo das pastilhas de freio. É útil por dispensar a verificação manual em manutenções de rotina e mesmo que você, por hábito, não perceba que o pedal de freio está baixo, fica tranqüilo pois em uma situação mais crítica o check-control avisará.

Pois bem, mesmo com toda a comodidade, muitas pessoas simplesmente anulam o sensor, fechando o circuito ou apenas retirando a lâmpada do painel do carro. Acredito que essa opção se deve ao fato de o preço de cada sensor girar na casa de R$ 85,00. Aliado ao preço relativamente salgado existe a lenda que o sensor se quebra a cada troca de pastilhas, o que não é verdade.

O que acontece na verdade, é o seguinte: Na cabeça do sensor, em um material que parece uma louça ou então um plástico, independentemente disso, um material bastante delicado, existe um pino, que por sua vez se encaixa em um rebite que fica na pastilha. Este pino possui uma espécie de mola, que faz o travamento do sensor na pastilha. Muitas vezes, segundo meu mecânico, ao remover o sensor da pastilha antiga, essa mola de perde, ou pior, quem está fazendo o serviço usa uma ferramenta qualquer para o serviço e quebra o sensor.

No caso de o sensor não quebrar, mas a mola se perder, o os mecânicos andam fazendo é aproveitar o sensor antigo, porém como está sem a mola, ele não fica bem instalado, se soltando com facilidade da pastilha. Para que isso não aconteça, geralmente o sensor é colado com cola Super Bonder. Porém na próxima troca, na maioria das vezes o sensor se quebra, pois ele está colado. Foi exatamente o que ocorreu no meu Omega.

Comprei um par de pastilhas da Nakata, e um novo par de sensores de desgaste. Com as todas as peças novas, é tranqüila a instalação do sensor. A pressão para encaixá-lo nas pastilhas não torna a tarefa impossível, apenas empurrando com o dedo o sensor se encaixa. Não sei se a situação é a mesma em pastilhas de qualidade duvidosa. Paguei nas pastilhas R$ 95,00 e com o par de sensores, que ganhei do meu mecânico, acabei gastando pouco.

A dica agora, segundo meu mecânico, é o cuidado na próxima troca, ao remover o sensor das pastilhas para substituí-las por novas. Primeiro é soprar com o compressor para retirar o excesso do pó que fica ali na região da pinça de freio, aplicar um WD-40 por trás do pino do sensor e aguardar alguns minutos. Em seguida, vamos com uma ferramenta própria, vamos dizer, desenvolvida pelo Tião, empurrar o pino do sensor, de dentro para fora, e assim vamos ter o sensor intacto nas mãos.

Resta agora desgastar as pastilhas para colocar em prática o procedimento correto de troca. Mas acho que demora um pouco. Peguei o Omega com 41.700 km, e pelo histórico de manutenções que me foi entregue junto do carro, as pastilhas tinham pouco menos de 5.000 KM. Quando as troquei, o velocímetro já marcava alguma coisa entre 40 e 41.000 km. Portanto a minha expectativa é rodar pelo menos outros 30.000 km com as novas pastilhas.

Anúncios

5 comentários em “Pastilhas de freio no Omega

  1. Amigo,
    estou na mesma situação, comprei um Omega com 30.000 km rodados, único dono, e estou fazendo a manutanção preventiva do mesmo, como as pastilhas eram originais, resolvi troca-la, levei o carro em uma oficina especializada em freios, e mesmo assim conseguiram danificar o sensor do meu carro, a culpa logo foi direcionada para GM, segundo o mecânico isso não serve pra nada, me orientou a procurar um eletricista e apagar as luz no painel, penso o mesmo que você, se existe, tem um motivo e eu quero funcionando, só que tá dificíl de encontrar o sensor, se você souber aonde encontrar, me mande um e-mail com o tel e/ou endereço.
    Grato.

  2. Amigo, por favor, me informe onde posso encontrar esses sensores para a compra (por preço justo)! Meu Omega é um CD 4.1 1996/7. Meu email é frigori @ yahoo . com, Obrigado!

  3. Boa tarde, Raphael estou precisando de informações de onde os sensores são encaixados e de preferência um desenho ou vídeo da instalação. Por que o meu carro tem os sensores mas o mecânico disse não existe lugar para encaixar eles nas pastilhas. Pode me ajudar. Abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s