Retrovisor para o Omega CD

Continuando toda a situação do retrovisor roubado do meu Omega contado no texto anterior, a boa notícia em meio a toda essa palhaçada: Encontrei no mercado o retrovisor original para reposição.

Em assuntos de roubo de retrovisores, calotas de roda e som automotivo, a opinião das pessoas sempre se divide entre comprar algo novo para reposição e ter o risco de ser roubado novamente, ou comprar algo usado de origem duvidosa, todos sabem que é duvidosa!

Eu optei pela primeira opção. Aliás, como meu pai ensinou depois de ter retrovisores roubados do Chevette ali na região da Pedro II, vou em uma primeira situação resolver como manda o bom senso e comprei uma peça nova, original e vou instalar no carro. Como comentou o Alexandre no texto anterior, é preciso escolher um lado.

Mas não concordei com ele quando ele diz que comprando peças novas, estou virando fornecedor dos ladrões. Como eu sempre defendi, o problema é formar esse mercado consumidor de peças roubadas. E não há como acreditar que são de origem lícita quando você chega em um loja de retrovisores. É diferente quando você entra em um ferro-velho e tem um veículo do mesmo modelo do seu para doar peças.

Já estive em uma loja de retrovisores uma vez, com o mesmo Alexandre, quando procurávamos um retrovisor original para o Chevette tubarão que ele está reformando. Sarcasticamente, ao negar que tinha o retrovisor em estoque, o suposto vendedor emendou: Mas podemos conseguir, basta aguardar alguns dias. Oras! Vão conseguir onde? Nas ruas!

Porém, meu comportamento isoladamente não consegue surtir qualquer efeito. É necessário que todas as pessoas se envolvam nisso, procurando se libertar da famosa Lei de Gérson, e procurar pensar nas situações de uma forma mais coletiva.

Desconfie de peças usadas vendidas na internet. Itens de acabamento interno, e principalmente, de acabamento ou acessórios externos, como calotas, emblemas e retrovisores. Se não houvesse consumidor, não haveria esse mercado negro de peças. Portanto, meus amigos, se esforcem e comprem as peças novas. Somente quando for impossível, eu sei que isso acontece às vezes, procurem em ferro velho, onde os carros são comprados batidos. No longo prazo valerá a pena e sua consciência fica tranquila.

Em tempo: Meu irmão trabalha relativamente próximo ao escritório no qual trabalho atualmente. Ele disse que na empresa na qual ele trabalha, nada menos que três pessoas também foram vítimas de roubo de retrovisores. Isso deixa claro que existe uma organização nesses roubos, e isso só pode ter um caminho: O mercado de peças “usadas”.

Sobre o espelho, ele custou caro, e R$60,00 mais caro que o similar da Metagal que estava cotando em São Paulo. Porém, o espelho Metagal para o modelo CD simplesmente não é mais fabricado. E o Omega CD possui dois diferenciais em relação ao modelo GLS sem opcionais: Desembaçador do espelho e pintura na cor do veículo. Portanto, o retrovisor original, na numeração correta do CD, vem com primer na carcaça, pronto para receber a pintura na cor do carro e possui ainda o espelho com aquecimento anti-embaçante.

Fiquei feliz também ao perceber que o chicote que ficou arrebentado no carro é do retrovisor, e não do chicote principal, assim, trocando o retrovisor por outro original, que inclui também a base, vai ficar como novo. Porém, como foi um gasto muito fora de hora, é bem provável que ele fique sem pintura durante um tempo, apesar de que o orçamento vou fazer já nessa semana, o lanterneiro que restaurou o Chevette é meu amigo, e posso negociar mais facilmente.

Vejam as fotos no novo retrovisor:

Espelho convexo, acionamento elétrico, desembaçador.

Primer de fábrica para pintar na cor do carro

Tomada para o chicote que vem da porta

Original, GM

Anúncios

2 comentários em “Retrovisor para o Omega CD

  1. Ah velho, é realmente chata essa situação – ter que comprar outro, simplesmente porque algum marginal foi lá e roubou. Seria tão melhor se o motivo de novas compras fossem apenas quebras, vacilos e batidas no transito né?
    Boa sorte, Hagi!

  2. Parabéns pela atitude. Uma vez me roubaram a frente do som. Digitei o modelo no Mercado Livre e achei várias lojas que vendiam só a frente. Procurei bastante e achei um parecido (mas que funcionaria), de um cara que só tinha ela pra vender e avaliações positivas de coisas que havia comprado. Chance enorme de estar falando a verdade quando disse que haviam roubado a parte de trás do som, aí comprei. Não esqueça de gravar o chassi ou placa do carro na peça, por via das dúvidas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s