O conflito entre desempenho e economia

Desde que comprei o Omega, já ouvi vários comentários sobre o consumo de combustível do carro, sendo que boa parte desses comentários possuem uma boa dose de inveja, mas não é isso que vou discutir nesse texto, fica para uma próxima oportunidade.

Pois bem, acessando o fórum do Omega Clube, um dos colegas abriu um novo tópico questionando sobre o consumo do motor 4.1 do Omega. É incrível, mas acho que as pessoas não conseguem praticar o mínimo de bom senso quando tentam imaginar o consumo de um motor que é pouco mais de quatro vezes maior que os motores dos ditos populares dos dias atuais.

Vamos imaginar, um motor popular possui 999 cm3 de capacidade, já o Omega precisa preencher 4000 “e mais alguns” cm3, a diferença é abissal. E ainda assim, o motor não consome quatro vezes mais que um motor desse. Mas não é possível fazer milagre, na cidade a média do meu carro oscila entre 5.7 km/h e 6.2 km/l. Vários fatores influenciam, principalmente o quanto de trânsito pesado eu enfrento durante o dia.

Ainda existe a molecada que começa a cogitar modificações no motor, dispensáveis ao meu ver, entre elas aquelas bobagens de instalação de filtro esportivo, quando não inventam de alterar o combustível para alcool ou instalar um chip de potência. Não dá certo. E tenho essa opinião por motivos simples:

– A conversão de um carro para alcool envolve muito mais modificações que uma simples troca de chip de injeção eletrônica e isso raramente é considerado.

– Os chamados “chips de potência” prejudicam o consumo do carro em uma porcentagem superior ao ganho de potência, na minha opinião é jogar dinheiro pela janela.

Não sou engenheiro mecânico, mas vendo os números fica claro pra mim, a conversão para alcool meia-boca ainda dá pra aceitar em cidades onde a diferença do preço entre gasolina e o combustível da cana de açúcar é muito grande, apesar de achar que não faria nos moldes que fazem.

Anúncios

Um comentário em “O conflito entre desempenho e economia

  1. Olá amigo , tb já tive o bom e velho omega 4.1 ( que saudades ). Hoje tenho uma Sorento 2.4 11/11 aut., e incrivelmente seu consumo e pior que o bom e velho omega! Na verdade para um motor com tanta tecnologia fazer 5.0 km/l na cidade é um absurdo ! Além logicamente de não contar com o torque do 6cc. Valeu, Abraços de Curitiba. Augusto J. Jr.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s